Suiça / Berna e Centro

A lista que se segue representa os Cantões suiços sublinhados.

Berna
O Cantão de Berna, com 5959 km2, tem uma população aproximada de 950.000 habitantes. Berna, para além de ser a capital do país, é também a cidade mais conhecida neste cantão. É membro da Confederação Helvética desde 1353.

Berna é a capital da Suiça. A sua população é de 127.000 habitantes mas na sua aglomeração urbana vivem 350.000 pessoas. É a sede do governo suiço e do seu parlamento (Bundestag) desde 1848. Berna foi fundada em 1191 e em 1353 juntou-se à Confederação. Em 1405 houve um grande incêndio e a cidade foi reconstruída nos termos que a conhecemos e pela sua preservação arquitectónica é hoje classificada como património mundial pela UNESCO. O Rio Aar serpenteia pela cidade e fornece vários locais de diversão junto da natureza.
Em Berna, os principais monumentos e atrações situam-se num perímetro pequeno circundado pelo Rio Aar. Fora desta área, do outro lado do rio fica o Jardim Zoológico. Dentro do centro histórico iniciando o percurso na praça perto do Parlamento, entra-se na parte medieval pela rua Marktgasse. Nesta belíssima rua entra-se num túnel de uma torre medieval e acede-se a uma zona pituresca com bonitas fontes e arcadas. Ali perto fica a Catedral de Berna em estilo gótico do século XV. Do alto da sua torre tem-se uma vista magnífica de toda a cidade. Os edifícios do Parlamento (1902) e da Câmara (1416) Municipal são notáveis. O símbolo da cidade é o urso e para o demonstrar há um poço enorme com ursos reais bem no centro da cidade.

Interlaken como o nome indica fica entre dois lagos, o Thun e o Brienz. É uma cidade turística que serve como base para muitos passeios pelos Alpes mas também é conhecida pelas lojas que vendem relógios-cuco, além de muitos outros. Os Alpes dominam a cidade e o trio de picos formado pelo Jungfrau, Monch e Eiger é conhecido e como tal é objecto de muitos passeios em teleférico ou comboio de cremalheira, por exemploa a partir de Grindenwald. O Monte Jungfrau atinge 4158 metros.

Gstaad é uma pequena vila quase na fronteira com o Vaud francófono. Serve de base para inúmeras estâncias de Inverno. Charlie Chaplin viveu aqui.

 

Luzern
O Cantão de Luzern, com 1493 km2, tem uma população aproximada de 350.000 habitantes. Luzern é a capital administrativa do cantão. É membro da Confederação Helvética desde 1332.

Luzern concentra na sua área uma população de 197.000 (58.000 apenas na cidade). É uma cidade antiga que começou o seu crescimento por volta de 1220 quando foi aberto o Passo São Gotardo. Luzern fica na margem do Lago de Luzern, por onde se podem fazer bonitos passeios nas estradas que circundam o lago.
A cidade de Luzern é muito antiga e como tal tem um conjunto notável de monumentos e edifícios históricos. O mais famoso de todos é a Ponte Capela (Kapellbruckë), o ex-libris da cidade. Esta ponte de madeira foi contruída na primeira metade do século XIV e as pinturas do século XVII ilustram cenas da história da Suiça e da região. Em 1993 sofreu um terrível incêndio que destruiu quase 80%, mas foi totalmente restaurada no seu aspecto original. A Torre de Água com 34 metros de altura fica junto à Ponte Capela e foi construída em 1300 como parte das muralhas da cidade. A Igreja Jesuíta foi construída em 1666 em estilo barroco.

 

Uri
O Cantão de Uri, com 1077 km2, tem uma população aproximada de 35.000 habitantes. Altdorf é a sua capital. É membro da Confederação Helvética desde 1291.

Altdorf é uma pequena cidade de 9.000 habitantes. Alberga uma célebre estátua de homenagem a Guilherme Tell, o lendário herói suiço do final do século XIII que atirou uma flecha a uma maçã na cabeça do seu filho por ordem do governador austríaco, no tempo em que os Habsburg tentavem controlar o Uri depois da abertura do Passo de São Gotardo.

Andermatt é uma pequena cidade situada no Passo de São Gotardo, a única estrada que ligava o Ticino ao resto da Suiça, desde Airolo a Göschenen, atrevessando a alta montanha a um máximo de 2108 m. O isolamento do Ticino no Inverno era perigoso pois não era possível utilizar aquela estrada. Com a abertura do Túnel Rodoviário a cidade perdeu a sua importância como local de passagem, mas continua a atrair muitos adeptos dos desportos de Inverno e dos caminhantes de Verão.

Göschenen é uma pequena cidade que fica mesmo na entrada norte dos famosos Túneis de São Gotardo, um túnel rodoviário com 16,3 km que abriu em 1980 (a estrada do Passo de São Gotardo continua a fechar no Inverno) e o “velho” túnel ferroviário de 1880 com 15 km de extensão e que obriga o comboio a subir numa espiral dramática passando por vários pequenos túneis em largas curvas do lado de Airolo até atingir a altitude de entrada no túnel. Estes dois túneis são importantíssimos para a economia da Suiça.

A região central da Suiça fica no coração da Europa, com fáceis ligações a norte dos Alpes, a toda a Alemanha, França e Áustria. A sul dos Alpes os acessos são mais escassos mas os actuais túneis que atravessam os Alpes já permitem ligações rápidas a Itália. O sistema ferroviário suiço é famoso por ser um dos melhores do mundo e a rede de auto-estradas também é excelente apesar das barreiras naturais. Berna fica a 124 kms de Zurique, 166 kms de Genebra, 97 kms de Basileia, 277 kms de Lugano e 423 kms de Frankfurt.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado.