Madeira (Portugal)

O arquipélago da Madeira é uma Região Autónoma de Portugal. Tem uma população de 267 mil habitantes e uma superfície de 801 km2. A sua capital é o Funchal. O arquipélago é composto pela Ilha da Madeira, a Ilha de Porto Santo, as Ilhas Desertas e as Ilhas Selvagens, localizando-se estas já perto das Canárias. Apenas a Madeira e Porto Santo são habitadas. 

A Madeira é a segunda região mais rica de Portugal, com um PIB per capita de 103% (acima da média Europeia). É um arquipélago bastante turístico durante todo o ano, devido ao seu clima com temperaturas amenas tanto no Inverno como no Verão e também famoso pelo seu espectacular fogo-de-artifício no Ano Novo, assim como pelo seu vinho licoroso característico conhecido mundialmente Vinho da Madeira, pelas suas flores e pelas suas paisagens com montanhas abruptas, vales verdejantes e floridos, o panorama do mar e das escarpas do litoral e pelas suas praias de areia dourada da ilha do Porto Santo.

A Ilha da Madeira é bastante montanhosa sendo o ponto mais alto o Pico Ruivo com 1862 m. A costa norte é dominada por altas arribas e na parte ocidental da ilha surge uma região planáltica, o Paul da Serra (1300–1500 m). O relevo, bem como a exposição aos ventos predominantes, fazem com que na ilha existam diversos micro-climas o que, aliado ao exotismo da vegetação, constitui um importante factor de atracção para o turismo, principal actividade da região. A precipitação é mais elevada na costa norte do que na costa sul. Não existem grandes variações térmicas durante todo o ano mantendo-se o clima ameno. 
A Ilha da Madeira foi descoberta pelos portugueses em 1419 liderados pelos navegadores Tristão Vaz Teixeira e João Gonçalves Zarco.

Funchal é a capital da Madeira e os seus cerca de 100 mil habitantes estão espalhados pelas encostas que sobem desde o mar. Junto ao mar a guardar a cidade está a Fortaleza de São Tiago, construída em 1614 e alargada em 1767. Actualmente alberga um Museu de Arte Contemporânea. Perto da Fortaleza pode apanhar-se um teleférico para o Monte onde fica a Igreja do Monte e o Jardim Tropical Monte Palace. Dali pode descer-se a encosta num dos famosos Cestos guiados por carreiros pelas ruas da cidade. Perto do teleférico na zona baixa situa-se a chamada Zona Velha, um casario antigo colorido, e também o Mercado dos Lavradores. Mais em direcção ao centro fica a Catedral do Funchal (século XVI). Lido é a principal zona balnear do Funchal com vários hotéis e um complexo de piscinas. Um dos locais mais visitados no Funchal é o Jardim Botânico e recentemente também o Museu CR7.

Seguindo pela costa sul da ilha a oeste do Funchal, encontramos a Praia Formosa com vista para o Cabo Girão, uma falésia com 580 m de altura renovada com um miradouro de vidro em cima da arriba. Câmara de Lobos é uma das principais cidades e munícipios da Madeira situado junto ao Cabo Girão. Estreito da Câmara de Lobos é uma freguesia deste concelho conhecida pela “espetada” tradicional de vaca e pela produção de vinho da Madeira. Ainda neste concelho fica o Curral das Freiras, uma aldeia que antigamente vivia quase isolada pelos difíceis acessos no meio das montanhas. No miradouro Eira do Serrado a paisagem é fantástica com o Curral das Freiras em baixo. Depois de passar o Cabo Girão, junto ao mar, fica a Ribeira Brava onde confluem várias ribeiras provenientes da Serra de Água. Aqui fica a principal ligação por estrada à costa norte da ilha. Mais à frente para oeste fica a Madalena do Mar e a Calheta, outro concelho da Madeira, onde existe uma praia de areia artificial. Antes de chegar à ponta oeste da ilha na Ponta do Pargo ainda se destaca a localidade de Paúl do Mar.

Seguindo para norte na Ribeira Brava, pode chegar-se a São Vicente na costa norte ou virar para oeste na Serra de Água em direcção ao Paúl da Serra, um bonito planalto a 1300 m de altitude. Aqui na Estrada Regional 110 (ER110) fica o acesso para a Levada das 25 Fontes, uma das mais bonitas caminhadas na ilha, ao longo das famosas Levadas que onde flui a água de um ponto para outro. Continuando por esta estrada chega-se à bonita vila de Porto Moniz com as suas piscinas oceânicas.

A costa norte da ilha da Madeira é impressionante pela sua paisagem montanhosa junto ao mar, quando se percorre a estrada entre Porto Moniz e São Vicente. Continuando pelo norte por Ponta Delgada chega-se a Santana que tem as famosas casas tradicionais. Seguindo em direcção a Machico, a costa continua escarpada e majestosa por Faial e Porto da Cruz. Antes de Machico vale a pena ir ao Caniçal e à Ponta de São Lourenço de onde em dias bons se avista a Ilha de Porto Santo. Machico é a segunda maior cidade da Madeira e foi a sua capital antes do Funchal. Tem uma praia de areia. Voltando em direcção ao Funchal passa-se pelo aeroporto em Santa Cruz onde há um agradável parque aquático. Destaca-se ainda a Ponta do Garajau onde existe um Cristo Rei no promontório e um teleférico que liga à Praia do Garajau situada numa pequena fajã.

Para concluir esta visita à Ilha da Madeira é de realçar a subida ao ponto mais alto da ilha, o Pico Ruivo (1862 m) onde se pode chegar desde o Pico do Areeiro ou observá-lo desse miradouro.

 

Comentários

O seu endereço de email não será publicado.