França / Norte

Nord Pas-de-Calais
A região de Nord Pas-de-Calais tem uma superfície de 12.413 km2 e uma população de 4 milhões de habitantes. A capital é Lille. Outras cidades importantes são Calais, Roubaix e Valenciennes. Esta região fica junto à fronteira com a Bélgica e inclui a parte da costa francesa onde o Canal da Mancha é mais estreito criando assim uma grande proximidade com a Inglaterra. A actividade marítima ao largo de Calais é por isso muito importante.
Esta região englobava as antigas regiões de Artois, Flandres Francesa e Picardie. Até 1180, a região foi governada pelos Condes de Flandres e então passou para a coroa francesa até 1329 quando passou para o domínio Borgonha. Entre 1500 e 1648 foi governada pelos Habsburgos e depois voltou a ser parte da França até hoje.

Calais tem uma população de 77.000 habitantes. É possivelmente o mais importante porto de passageiros em França, devido à sua localização no Canal da Mancha em frente a Inglaterra. De facto, Calais está localizado no estreito chamado Pas-de-Calais (os ingleses chamam-lhe Strait of Dover) a 34 kms de Dover. A construção de modernas infra-estruturas portuárias iniciou-se no século XIX. Actualmente, grandes ferries e hovercrafts transportam passageiros e veículos para Inglaterra. Essa actividade foi reduzida com a construção do Túnel ferroviário sob o Canal da Mancha que abriu em 1994. Os principais monumentos de Calais são a Câmara Municipal renascentista e a Igreja de Notre Dame.

Boulogne tem 45.000 habitantes e é mais um porto no Canal da Mancha com ligações marítimas a Inglaterra. A cidade velha fica situada numa colina com ruas medievais.

Dunquerque tem 70.000 habitantes. É um porto no Canal da Mancha a leste de Calais e perto da fronteira com a Bélgica. A mais conhecida história desta cidade passou-se entre 29 de Maio e 4 de Junho de 1940, quando 350.000 tropas aliadas foram evacuadas para Inglaterra após ficarem encurraladas à mercê do avanço do exército alemão.

Valenciennes é uma cidade importante na região com 357.000 habitantes situada junto à fronteira com a Bélgica. Os principais monumentos são a Basílica Notre Dame du Saint Cordon, em estilo gótico de 1864, o Museu de Belas Artes com uma colecção notável de pintores flamengos e a Câmara Municipal, um belo edifício renascentista flamengo de 1868.

 

Picardie
A região de Picardie tem uma superfície de 19.399 km2 e uma população de 1,9 milhões de habitantes. A capital é Amiens. Inclui parte da área metropolitana norte de Paris. A Picardia foi anexada à França no século XII mas passou por várias invasões dos Habsburgos holandeses e dos espanhóis.

Amiens tem 135.000 habitantes e é a capital regional, como já o tinha sido na Idade Média. Fica situada no vale do Rio Somme. Amiens era um importante ponto de defesa de Paris, a norte. O centro histórico de Amiens, dominado pela imagem imponente da sua Catedral gótica, contém numerosos edifícios medievais. A Catedral de Notre Dame de Amiens é um edifício lindíssimo e mundialmente famoso por fazer parte do conjunto dos 3 melhores exemplos franceses de catedrais em estilo gótico elevado, juntamente com Chartres e Reims. A construção da catedral começou em 1220, com o objectivo de albergar a cabeça de São João Baptista trazida das cruzadas. Foi completada em 1269 e é hoje património mundial.

Beauvais tem 55.000 habitantes. As ruas do centro histórico ainda são do tempo romano. O mais importante monumento da cidade é a Catedral de Saint Pierre, mais uma notável catedral gótica carolíngia cuja construção iniciou-se em 1225. Seria a maior da Europa mas nunca foi completada. Em 1272 ruiu. Hoje, esta notável estrutura gótica só existe com as capelas, o coro e o transepto. Na entrada norte há um magnífico relógio astronómico de 1860.

Chantilly é uma pequena cidade de 12.000 habitantes a norte de Paris. O Castelo de Chantilly com a sua grandiosidade, domina a cidade e é sem dúvida a grande atracção que é procurada pelos visitantes. O primeiro Castelo foi construído na Idade Média pelos senhores de Senlis. Em 1560, o Castelo foi reconstruído e transformado em Palácio renascentista e numa pequena ilhota fez-se um outro edifício chamado “petit Château”. O “Domínio de Chantilly” foi então confiscado pelo Rei Louis XIII para se tornar uma coutada de caça. No século XVIII os Grandes Estábulos são construídos fazendo de Chantilly um verdadeiro centro hípico até hoje. O domínio de Chantilly tem uma área de floresta de 6000 hectares. O famoso creme de chantilly, tem efectivamente origem nesta cidade.

 

Haute-Normandie
A região de Haute-Normandie tem uma superfície de 12.318 km2 e uma população de 1,8 milhões de habitantes. A capital é Rouen. O Vale do Rio Sena passa na região, tornando-a muito importante para o transporte fluvial desde Paris até Le Havre que é o maior porto do Atlântico.
Os Normandos, descendentes de vikings que ali se instalaram, invadiram a Inglaterra e assim a Normandia foi uma possessão inglesa até 1204, quando o Rei francês a reconquistou. Durante a Guerra dos 100 Anos contra a Inglaterra, a Normandia foi alternadamente dominada por tropas inglesas e francesas. Só em 1450, a Normandia foi definitivamente integrada na coroa francesa. Em 1944, a Normandia foi o mais importante palco mundial durante a invasão aliada da Europa continental durante a 2ª Guerra Mundial. No Dia D (6 de Junho), as praias da Normandia testemunharam o assalto final de centenas de milhares de soldados aliados.

Rouen tem 105.000 habitantes e é a capital regional. A cidade velha, na margem direita do Rio Sena, foi já chamada de Cidade-Museu devido ao grande número de edifícios antigos, nomeadamente as casas medievais emolduradas em madeira, ao longo de estreitas ruas pedestres. A grandiosa Catedral de Notre Dame foi construída entre os séculos XII e XV em estilo gótico. Tem uma fachada com 3 portais e duas torres assimétricas. Ao lado da catedral fica o Palácio do Arcebispo do século XV e a Igreja de Saint Maclou em estilo gótico flamejante. O porto de Rouen tem quase 20 kms de docas.

O Norte de França que incluiu toda a costa junto ao Canal da Mancha até à região a norte de Paris tem excelentes acessos tanto rodoviários, pela excelente rede de auto-estradas, como ferroviários, concentrando-se essencialmente por eixos que partem de Paris. A região serve também de passagem do sul de França para a Bélgica e Holanda. Calais fica a 300 kms de Paris, 1076 kms de Marselha, 870 kms de Bordéus, 112 kms de Londres e 200 kms de Bruxelas. Rouen fica a 138 kms de Paris.

Comentários

O seu endereço de email não será publicado.