1996

Maio França
Montpellier

Julho Estados Unidos da América – Canadá
California, Oregon, Washington, Idaho, Montana, British Columbia, Alberta

Setembro Inglaterra
Londres

Outubro Inglaterra
Londres

Novembro Alemanha
Berlim


Resumo de 1996 >> início da página e galeria

Maio França
Montpellier

Esta deslocação a Montpellier foi para um curso na fábrica da IBM que produz super-computadores para toda a Europa. Nos tempos passados fora da fábrica, visitámos a bonita cidade Mediterrânica, antiga e de arquitectura homogénea. O centro de todos os passeios é a Place de la Comédie que ostenta o bonito edifício da Opéra Comédie. No lado oposto fica o Jardin du Champ de Mars. Em toda esta zona ampla pode-se entrar para norte no labirinto de ruas estreitas da parte velha da cidade. Pela Rue de l’École Mage chega-se ao Jardin des Plantes que tem um miradouro de onde se avista toda a cidade. Perto deste jardim fica a Catedral Saint Pièrre. Um pouco afastado do centro fica o complexo comercial Antigone em estilo neo-clássico.

Nesta viagem conheci os meus amigos suiços Gfeller de Zurique que foram companheiros destes passeios com o seu bebé de semanas.


Resumo de 1996 >> início da página e galeria

Julho Estados Unidos da América – Canadá
California, Oregon, Washington, Idaho, Montana, British Columbia, Alberta

1996_mapa2

25/6 – Lisboa – San Francisco
Com partida de Lisboa às 10:00, num vôo da TWA fizemos escala em New York (JFK). Ao fim da tarde embarcámos noutro vôo da TWA, um Boeing 747 sub-contratado à Tower Air. Às 23:30, hora local, chegámos ao Aeroporto Internacional de San Francisco. Estadia no Grand Central Hostel, Market Street 1412.

26/6 – San Francisco 
Market Street. City Hall. Union Square. Chinatown. Financial district. Embarcadero – vista sobre San Francisco Bay Bridge e Oakland. Cable Car. Fisherman’s Wharf. Russian Hill – Lombard Street. Jantar em Fisherman’s Wharf. Wax Museum.

27/6 – San Francisco
Alamo Square (vista sobre downtown e “painted ladies” – casas vitorianas). North Beach – bairro italiano. Columbus Street. Washington Square. Church of St.Peter & Paul. Telegraph Hill. Coit Tower – vista sobre a cidade. Fisherman’s Wharf – Pier 39 (Turbo Ride, leõs marinhos, lojas). Jantar. Cable Car.

1996_01

28/6 – San Francisco
Union Square. Pier 39. Blue and Gold Bay Cruise – cruzeiro na baía de S.Francisco com passagem pela Golden Gate e Alcatraz. North Beach. Union Street. Presidio Park. Ocean Beach – praia.

29/6 – San Francisco – Leggett
Alugámos um Oldsmobile Aventia na Avis para entregar em Portland, Oregon. Passagem pela Golden Gate Bridge (US Highway 1). Vista point (miradouro no lado norte da Golden Gate). Sausalito. Petaluma. Bodega Bay. Sonoma Valley – wine country. Sonoma Lake. Winneries. Leggett. Estadia no Bell Glenn Hostel em plena floresta de Giant Redwoods no norte da California. Já tinha falado com o dono, Gene Barnett, por e-mail e ele deu-nos mapas e folhetos detalhados de percursos a fazer na zona.

1996_02

30/6 – Legett – Shelter Cove – Leggett
Drive-through-tree. Tree House. Confusion Hill. Grandfather tree. Giant Redwoods. Benbow Valley. Garberville. Briceland. Shelter Cove – praia. Hostel. Sauna.

1996_03

1/7 – Leggett – Klamath
Avenue of the Giants: Chimney tree, one-log house, Miranda, Myers Flat. Rockefeller Forest – Flatiron tree, Giant tree. Humboldt Bay. Eureka. Redwood National Park. Estadia no Klamath Hostel. Conhecemos Teophilus que estava a percorrer a California de bicicleta.

2/7 – Klamath – Newport, Oregon
Crescent City. Entrada no Oregon. Brookings. Gold Beach. Port Orford. Bandon. Coos Bay. Reedsport. Oregon Dunes National Recreation Area (3 milhas de largura até ao mar e 200 m de altura). Florence. Cape Perpetua. Newport. Estadia na casa do Joe, pai da Mary.

3/7 – Newport
Compras. Almoço no Mo’s, restaurante famoso pela Clam chowder (sopa de ameijoas).

4/7 – Newport
4 de Julho, Dia da Independência – festa em Newport. Compras nos Outlet Stores em Lincoln City. Jantar em Newport e fogo de artifício.

5/7 – Newport – Portland
Praia de Newport. Corvallis. Interstate Highway 5 até Portland. Columbia river. Miradouro – vista sobre a cidade, rio, Mount St.Helens e Mount Hood. Entregámos o carro na Avis no aeroporto de Portland. Seguimos com o Joe. Jantar no waterfront em Portland. Waterfront Blues Festival, maior festival da costa oeste.

6/7 – Portland – Aberdeen, Washington
Portland – downtown, Blues Festival. Canon Beach. Highway 101. Astoria. Foz do Columbia River. Aberdeen. Estadia na outra casa do Joe.

1996_mapa3

7/7 – Aberdeen – Vitoria, British Columbia, Canadá
Saímos em direcção a Seattle e com o Mount Rainier sempre em vista. Seattle – downtown e porto. Já de mochila às costas, apanhámos o ferry-boat da Vitoria Line para Vitoria na Vancouver Island, Canadá. Viagem lindíssima de 5 horas através do Puget Sound com Olympic Mountains do lado esquerdo, Seattle skyline atrás, Cascade Range à direita e Canadian Rockies em frente. Chegada a Vitoria,B.C. a cidade dos jardins. Estátua da Raínha Vitoria. Parlamento de British Columbia. Empress Hotel. Estadia no Hotel Strathcona.

8/7 – Vitoria – Vancouver
Vitoria – downtown, harbour. Autocarro para Vancouver com transporte em ferry-boat para o continente. Gulf Islands. Vancouver – Pacific Central Station, Chinatown. Downtown à noite. Estadia no Backpacker’s Hostel em Pender Street.

9/7 – Vancouver
Downtown. Waterfront. Como o Hostel tinha um mau ambiente e pouca higiéne decidimos ir para outro lado, mas havia um congresso mundial sobre SIDA que lotava todos os hotéis e motéis da cidade. Conseguimos encontrar um B&B em Horseshoe Bay, West Vancouver. Apanhámos um autocarro que passou por Lions Gate Bridge para a parte norte da cidade. Estadia em Horseshoe Bay no Crow’s Nest B&B. Os donos, Anka e John eram muito simpáticos.

10/7 – Vancouver – Seattle, Washington, U.S.A.
John levou-nos a um miradouro perto de Groose Mountain – vista sobre toda a cidade. Waterfront em downtown. Apanhámos o SeaBus para North Vancouver e regresso. Subida à torre de Harbour Center com vista para a cidade. Às 18:00 apanhámos o comboio da Amtrak para Seattle – 4 horas de viagem sempre junto ao Puget Sound. Seattle – King Station. Estadia no YMCA Hotel depois de uma caminhada muito arriscada pela baixa da cidade à noite.

11/7 – Seattle
Downtown – Westlake Center. Monorail até Space Needle (torre com 250 m de altura). Almoço no restaurante panorâmico rotativo – vista sobre Seattle, Mount Rainier, Puget Sound. Downtown – Pine Street, Pike Street, Union Street. Pike Street Public Market. Omnidome – filme omnimax sobre a erupção do Vulcão St.Helens.

12/7 – Seattle – Lewiston, Idaho
Alugámos um Dodge Stratus na Avis para 16 dias. Renton – perto do Mount Rainier. Snoqualmie Falls. Highway 90 – Snoqualmie Pass. Columbia River. Fui apanhado pela polícia em excesso de velocidade (75 mph) sem consequências, por ser estrangeiro. Snake River. Clarkston. Chegada a Lewiston,Idaho às 21:00. Estadia em casa da Joy, mãe da Mary.

13/7 – Lewiston
Downtown. Casamento de uns amigos da Joy. Waterfront. Mall – compras. Cinema “Courage under fire”.

14/7 – Lewiston – Moscow
Moscow – University of Idaho. Main Street. Estadia em casa do Ted, irmão da Mary.

15/7 – Moscow
Universidade. Festa de aniversário do Ted.

16/7 – Moscow – Lewiston
Universidade. Alumnae Hall. Fraternities. Pullman,Washington. Lewiston.

1996_mapa4

17/7 – Lewiston – Missoula, Montana
Highway 12 ao longo do Clearwater River. Orofino. Kamiah. Lowell. Lolo Pass. Missoula,Montana. Estadia no Brichwood Hostel.

1996_04

18/7 – Missoula – Polebridge (Glacier National Park)
No Montana não há limite de velocidade na estrada. Montana pertence ao Mountain Time (+1 hora que Idaho). Highway 93. Flathead Lake. Flathead Indian Reservation – Cultural Center. Começámos a ver os Rocky Mountains. Kalispell. Columbia Falls. West Glacier. Entrada no Glacier National Park: Lake McDonald, Camas Road, Outside North Fork Road até Polebridge. Estadia no ecológico North Folk Hostel, onde não havia electricidade e tudo era em madeira. Conhecemos o dono, John e também o Bob do Texas e Paul de Montana.

1996_05

19/7 – Glacier National Park
Lake Bowman – veados, esquilos, um urso. Inside North Folk Road. Fish Creek no Lake McDonald. Apgar. Outside North Folk Road. Polebridge.

20/7 – Polebridge – East Glacier
West Glacier. Going-to-the-sun road através do Parque Nacional. Lake McDonald. Logan Pass. Saint Mary Lake. Highway 89. Browning. East Glacier. Estadia no Backpackers Inn Hostel.

21/7 – East Glacier – Coleman, Alberta, Canadá
Compras em East Glacier. St.Mary. Lower Saint Mary Lake.Chief Mountain International Highway. Entrada no Canadá na Província de Alberta. Waterton Lakes National Park. Waterton – Prince of Wales Hotel. Highway 6. Pincher Creek. Highway 785 (terra batida). Head-Smashed-In-Buffalo Jump (património mundial UNESCO) – Visitor Center. Pow Wow – Festa dos índios Blackfoot. Fort McLeod. Highway 3. Pincher Creek. Crowsnest Pass. Coleman. Estadia no Grand Budget Hotel. Conhecemos Bill McIntire, um mineiro da região.

1996_06
1996_07

22/7 – Coleman – Sandpoint, Idaho, U.S.A.
Sparwood, British Columbia. Fernie. Elko. Roosville. Entrada nos Estados Unidos em Montana. Eureka. Highway 37. Lake Koocanusa. Libby. Kootenai River. Highway 56. Highway 200. Lake Pend Oreille, Idaho. Sandpoint – belo banho noLago Pend Oreille. Estadia no Quality Inn Hotel (piscina interior, jacuzzi e colchão de água).

23/7 – Sandpoint – Lewiston
Highway 95. Couer D’Alene – Resrva dos Índios Couer D’Alene. Palousse. Moscow – Almoço na casa de Dene e Gordon Thomas, professores da Mary na University of Idaho (Dene era a Vice-Reitora). No Campus, houve uma festa temática do Hawaii com música e comida regional. Teatro da Universidade – “Brighton Beach Memoires” de Neil Simmons. Lewiston. Casa da Joy.

24/7 – Lewiston – Moscow – Lewiston
Moscow. Livraria da Universidade. Pullman,Washington – Universidade. Moscow – cinema “Flirting with danger”. Lewiston. Encontrámos Ryan Gibbler, amigo da Mary e estivemos num bar a conversar.

25/7 – Lewiston – Moscow – Lewiston
Moscow. Universidade. Jantar marroquino em casa da Dene Thomas com vários professores da universidade incluindo Gordon Thomas, o marido dela, Tom, o professor de Química e a mulher, Ken Hackman, o professor de História Inglesa e Cynthia, professora de História Grega. Teatro da Universidade – “Sleuth”. Lewiston.

1996_mapa5

26/7 – Lewiston – Hells Canyon – Lewiston
Highway 95. Reserva de Índios Nez Perce. Grangeville – White Bird. Salmon River. Riggins. Subida de 17 milhas até Seven Devils onde do ponto mais alto, Heavens Gate, se pode ver Hells Canyon no Oregon, Wallowa mountains e a Palousse de Washington e Idaho. Sawtooth National Recreation Area. Riggins. Lewiston.

1996_08

27/7 – Lewiston – Seattle, Washington
Início do regresso. Pullman,Washington. Colfax. Sprague. Interstate Highway 90. Moses Lake. George. Columbia River. Ellensburg. Snoqualmie Pass. Highway 18. Auburn. Highway 167. Estadia no Econo-Lodge Motel perto do Aeroporto Internacional Sea-Tac em Seattle.

28/7 – Seattle – Lisboa
Entregámos o nosso Dodge na Avis e eu segui para as Partidas do Aeroporto de Seattle. Partida às 18:15 no Boeing 747 da British Airways com destino a Londres. Vôo de 9 horas trans-polar que sobrevoou o norte do Canadá, a Gronelândia e o Norte da Escócia até Londres de manhã. O Metro de Londres estava em greve nesse dia, como tal não consegui ir ao centro da cidade. Fiquei 7 horas em Heathrow à espera do vôo para Lisboa, onde cheguei à noite no dia 29 de Julho.


Resumo de 1996 >> início da página e galeria

Setembro Inglaterra
Londres

Nesta estadia em Londres, para um curso na City, ficámos no Hotel White House, na Euston Road perto de Regent’s Park. Mais uma vez, percorremos Discotecas (como a Virgin Megastore, HMV e Tower Records), livrarias. Visitámos atracções principais como sempre e lugares agitados como o antigo mercado de Covent Garden ou o Soho. Mais uma vez fomos a Camden Town.

À noite, entre muitas actividades são de realçar as idas ao teatro para ver “Blood Brothers” no Phoenix e “Les Misérables” no Palace.

Um mês depois de estar em Londres voltámos para um curso na IBM South Bank. Ficámos perto da IBM no Hotel Strand Palace, perto do Savoy mas longe na qualidade certamente. Desta feita visitámos o Museu Cabinet War Rooms, os subterrâneos perto de Downing Street de onde Churchill conduziu a guerra. Visitámos ainda o Museu London Dungeon no South Bank, uma montra de torturas da Idade Média. Fomos ao Harrods, visitámos o Museu Natural History e passeámos amplamente por Kigntsbridge e Chelsea e o luxuoso bairro de Belgravia com muitas embaixadas. Chegámos ao Rio Tamisa em Battersea Park onde está uma antiga central térmica.

Fizemos ainda uma exploração do bairro periférico de Richmond passando por Kew Gardens. No domingo houve ainda tempo para rever os Speakers em Hyde Park – Speakers Corner a discursar sobre política e religião.

À noite, entre os jantares no Planet Hollywood, Hard Rock Cafe, restaurantes indianos e tibetanos e o Sega World e Turbo Ride, fomos atraídos pelo vício do Teatro do West End. Desta vez vimos “Sunset Boulevard” no Apollo Victoria e “Miss Saigon” no Royal Drury Lane.

De Londres fui directamente para Berlim para mais uma semana de congresso.


Resumo de 1996 >> início da página e galeria

Outubro Inglaterra
Londres


Resumo de 1996 >> início da página e galeria

Novembro Alemanha
Berlim

1996_mapa6

A estadia de uma semana completa em Berlim veio no seguimento de um semana também completa em Londres. Assim, com partida de London-Heathrow e chegada a Berlim-Tegel, hospedei-me no Hotel Intercontinental de Berlim onde ia assitir ao um congresso da IBM. Apesar da descrição que se segue mostrar o lado turístico e histórico da outrora capital do III Reich, asseguro que assisti ao congresso por inteiro…

Começando pela parte ocidental de Berlim, testemunhei os bombardeamentos da 2a grande guerra que devastaram Berlim num dos principais símbolos da cidades, a Igreja Kaiser-Wilhelm Gedächtniskirche e deambulei por toda a zona onde ela está inserida, mais conhecida por Zoologischer Garten. Mais à frente segui em direcção ao parque principal da cidade, o Tiergarten, que neste Outono frio estava lindo em tons de amarelo e verde com um manto de folhas no chão. Seguindo pela grande avenida que atravessa o parque, cheguei à Porta de Brandenburg, símbolo da reunificação da Alemanha. Aqui perto fica o novo Parlamento alemão, o Deutscher Bundestag.

1996_10

Entrando na antiga Berlim-Leste pela sumptuosa Avenida Unter Den Linden passei pela Ópera de Berlim que alberga a famosa orquestra Berliner Philarmoniker. Mais à frente entrei na Catedral de Berlim (Berliner Dom) com uma ampla cúpula que foi totalmente reconstruída após a 2a guerra mundial. No final da Avenida cheguei à imensa Alexanderplatz onde se situa a Rathaus (Câmara Municipal) a Fernsehturm (torre de televisão) com mais de 200 m de altura e à qual subi. Ainda na zona leste da cidade, visitei Checkpoint Charlie e o seu Museu representativo. Estive junto de um pedaço do Muro de Berlim, perto da antiga sede das SS nazi e ainda observei a reconstrução da Potsdamerplatz.

1996_09

Um dos dias em Berlim foi dedicado por inteiro à vizinha Potsdam, rica em jardins e palácios. Além do centro histórico da cidade, a visita foi sobretudo realizada no Parque Sanssouci, onde se situam os Palácios Schloss Sanssouci e Neues Palais. No regresso houve ainda tempo para uma paragem em Babelsberg, o grande centro de produção de cinema e televisão.

One comment

  1. Good morning, I was just visiting your site and filled out your feedback form. The feedback page on your site sends you these messages via email which is why you are reading my message right now right? This is the holy grail with any kind of advertising, getting people to actually READ your message and I did that just now with you! If you have an advertisement you would like to promote to millions of websites via their contact forms in the U.S. or anywhere in the world send me a quick note now, I can even target specific niches and my prices are very reasonable. Send a reply to: Benja57mik57@gmail.com

Comentários

O seu endereço de email não será publicado.