1993

Fevereiro México
Cancún, Chitzén Itza, Tulum, Xel-Há, Xcaret

Setembro Itália
Pavia, Milão, Bergamo, Veneza, Mónaco, Mérida


Resumo de 1993 >> início da página e galeria

Fevereiro México
Cancún, Chitzén Itza, Tulum, Xel-Há, Xcaret (Viagem de Finalistas)

1993_mapa1

22/2 – Lisboa – Cancún
– Partida de Lisboa às 20h00 na Oásis Airlines.
– Escala em Puntacana na República Dominicana.
– Chegada às 2h00 (9h00 em Portugal).

23/2 – Cancún
– Banho na piscina ainda na noite da chegada às 5h00.
– Praia do hotel e piscina.
– Visita a “Zona hotelera” de Cancún: Centros comerciais Plaza Caracol, Mayfair Mall, Kukúlcan Plaza.
– Jantar em Cancún no El Gato: começavam os shots de Tequilla.

24/2 – Cancún – Isla Mujeres
– Excursão à Isla Mujeres: saída de barco do Fat Tuesday.
– Música, dança, tequillas e muitas piña coladas.
– Praia tropical.
– Snorkeling nos corais.
– “Convívio” com tubarão supostamente herbívoro…
– Almoço na praia.
– Compras na povoação da Isla Mujeres.
– Regresso a Cancún.
– Jantar na Zona Hotelera ao som dos Mariachis.
– Discoteca “Tequilla Sunrise” em frente ao Hard Rock Café.

25/2 – Cancún
– Alugámos um Jeep Wrangler descapotável.
– Compras na Zona Hotelera.
– Resto do dia no hotel e piscina.
– Jantar em Cancún.
– Discoteca do Hotel Oásis (festa de espuma).
– Banho na piscina do hotel às 3h00.

26/2 – Cancún – Tulum – Xel-Há
– Saída para Tulum às 10h30 em 4 Jeeps.
– Visita a Tulum (130 kms de Cancún): Ruinas Mayas junto à praia. Muitas iguanas. Banho na praia da zona arqueológica.
– Visita a Xel-Há: Pequena laguna interior de mar. Muitas variedades de peixes. Snorkeling. – Praia Puerto Aventuras: Pôr-de-sol na praia.
– Regresso a Cancún às 20h30.

1993_01

27/2 – Cancún – Chichen-Itzá
– Saída para Chichen-Itzá às 8h30 em 2 Jeeps.
– Ainda em Cancún a polícia pára o outro Jeep por ter passado o sinal amarelo. Depois de muitas desculpas e ingenuidades prosseguimos sem multa.
– Mais à frente a polícia pára-o outra vez por excesso de velocidade, observando o Nuno “você não é o mesmo”. Ele tinha o velocímetro avariado e prosseguiu.
– Entretanto um Jeep cheio de polícia pára-nos. Preparando-se para passar um multa de 150 N$ o Diogo conseguiu convencer o polícia com a tradicional história das milhas e quilómetros…
– Estrada com rectas intermináveis cortando a floresta virgem e passando em “poblados” pobres.
– Passagem por Valladolid.
– Visita a Chichen-Itza (204 kms de Cancún): contratámos um guia por 90 N$, o Tomás. Complexo grande com parte maya (até séc. X) e parte tolteca. Kukúlcan (serpente, Deus da fertilidade). Chac (Deus da chuva). Observatório astronómico. Jogo da Bola. Poço dos sacrifícios. Pirâmide tolteca (91 degraus x 4 lados = 364 dias + topo) com 38 m de altura. Templo dos guerreiros.
– Visita a Valladolid (Estado de Yucatan): Catedral. Centro.
– Discoteca “Carlos & Charlie”: ambiente de High School americana. Bar Fat Tuesday.

1993_02

28/2 – Cancún – Xcaret
– Saída para Xcaret às 9h30.
– Visita a Xcaret: Complexo com muita variedade de atracções, vegetação e animais. Canal subterrâneo de 500m. Praia tropical com golfinhos. Snorkeling. Beach volley. Pequenas ruinas mayas.
– Visita a Crocodilo Farm: Crocodilos de todas as idades. Pegámos nuns mais pequenos. Outros animais (papagaios, cães mayas, macacos, gazelas). Pusemos também cobra ao pescoço.
– Entregámos o Jeep em Cancún com 1000 kms feitos.
– Jantar em Cancún. Bar do hotel na piscina.

1993_03
1993_04

1/3 – Cancún
– Compras em Cancún.
– Saída do Hotel para o Aeroporto às 20h00.
– Partida de Cancún às 23h30 e chegada às 15h30 (hora portuguesa) do dia seguinte. 9 horas de vôo.

1993_05


Resumo de 1993 >> início da página e galeria

Setembro Itália
Pavia, Milão, Bergamo, Veneza, Mónaco, Mérida

1993_mapa2

Esta viagem a Itália teve como objectivo a participação num Torneio de Voleibol Universitário em Pavia. O autocarro partiu de Lisboa com elementos da Universidade Nova de Lisboa (maioritariamente da FCT) que constituiram várias equipas portuguesas que disputaram o torneio em vários campos relvados.

A viagem serviu também para fazer algum turismo, não só em Pavia (incluindo a lindíssima abadia Certosa di Pavia), mas também em Milão, Bérgamo e Veneza. Esta última dispensa apresentações e foi de facto o ponto alto da parte turística da viagem. No regresso a Lisboa ainda houve lugar a paragens no Mónaco, com visita do Aquário e em Nice.

1993_06

Comentários

O seu endereço de email não será publicado.